Amadurecimento, Reforma Íntima

A virtude é concessão de Deus, ou é aquisição da criatura?

2 512

Virtude

– A virtude é concessão de Deus, ou é aquisição da criatura?
A dor, a luta e a experiência constituem uma oportunidade sagrada concedida por Deus às suas criaturas, em todos os tempos; todavia, a virtude é sempre sublime e imorredoura aquisição do Espírito nas estradas da vida, incorporada eternamente aos seus valores, conquistados pelo trabalho no esforço próprio.

– Que é a paciência e como adquiri-la?
A verdadeira paciência é sempre uma exteriorização da alma que realizou muito amor em si mesma, para dá-lo a outrem, na exemplificação.

Esse amor é a expressão fraternal que considera todas as criaturas como irmãs, em quaisquer circunstâncias, sem desdenhar a energia para esclarecer a incompreensão, quando isso se torne indispensável.

É com a iluminação espiritual do nosso íntimo que adquirimos esses valores sagrados da tolerância esclarecida. E, para que nos edifiquemos nessa claridade divina, faz-se mister educar a vontade, curando enfermidades psíquicas seculares que nos acompanham através das vidas sucessivas, quais sejam as de abandonarmos o esforço próprio, de adotarmos a indiferença e de nos queixarmos das forças exteriores, quando o mal reside em nós mesmos.

Para levarmos a efeito uma edificação tão sublime, necessitamos começar pela disciplina de nós mesmos e pela continência dos nossos impulsos, considerando a liberdade do mundo interior, de onde o homem deve dominar as correntes da sua vida.

O adágio popular considera que “o hábito faz a segunda natureza” e nós devemos aprender que a disciplina antecede a espontaneidade, dentro da qual pode a alma atingir, mais facilmente, o desiderato da sua redenção.

– A esperança e a fé devem ser interpretadas como uma só virtude?
A esperança é a filha dileta da fé. Ambas estão uma para a outra, como a luz reflexa dos planetas está para a luz central e positiva do sol.

A esperança é como o luar que se constitui dos bálsamos da crença. Fé é a divina claridade da certeza.

– No caminho da virtude, o pobre e o rico da Terra podem ser identificados como discípulos de Jesus?
O título de discípulo é conferido pelo divino Mestre a todos os homens de boa vontade, sem distinção de situações, de classes ou de qualquer expressão sectária.

Com responsabilidade dos bens materiais ou sem ela, o homem é sempre rico pela sua posição de usufrutuário das graças divinas e, além do mais, temos de ponderar que, em toda a situação, a criatura encontrará responsabilidade na existência, razão por que os sinceros discípulos do Senhor são iguais aos seus olhos, sem preferência de qualquer natureza.

– No que se refere à prática da caridade, como interpretar o ensinamento de Jesus: Àquele que tem será concedido em abundância e àquele que não tem, até mesmo o que tiver, lhe será tirado”?

A palavra de Jesus, em todas as circunstâncias, foi tocada de uma luz oculta, apresentando reflexos prismáticos, em todos os tempos, para a alma humana, na sua ascensão para a sabedoria e para o amor.

Antes de tudo, busquemos ajustar o conceito a nós próprios.

Se possuímos a verdadeira caridade espiritual, se trabalhamos pela nossa iluminação íntima, irradiando luz, espontaneamente, para o caminho dos nossos irmãos em luta e aprendizado, mais receberemos das fontes puras dos planos espirituais mais elevados, porque, depois de valorizarmos a oportunidade recebida, horizontes infinitos se abrirão no campo ilimitado do Universo, para as nossas almas, o que não poderá acontecer aos que lançaram mão do sagrado ensejo de iluminação própria nas estradas da vida, com a mais evidente despreocupação de seus legítimos deveres, esquecendo o caminho melhor, trocado, então, pelas sensações efêmeras da existência terrestre, contraindo novas dívidas e afastando de si mesmo as oportunidades para o futuro, então mais difíceis e dolorosas.

Fonte: extraído do livro “O Consolador”, de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito Emmanuel. Federação Espírita Brasileira.

About the author / 

Editor

2 Comments

  1. Kátia Elisabeth Franco da Silva 12 de julho de 2016 at 21:01 - 

    Agradeço primeiramente a Deus, Jesus Cristo e a Virgem Maria; agradeço ao Dr. Bezerra de Menezes, a Frei Luiz, ao Dr. Fritz e principalmente ao médico espírita Dr. VIRGÍLIO AUGUSTO DE OLIVEIRA na cirurgia espiritual de um tumor de naso-faringe nos seios da face, ocorrida em 13 Jun 2015. Obrigada a todos Espíritos de Luz que me acompanharam na difícil jornada em busca da cura mas com a confiança total em vocês. AMÉM.
    Kátia Elisabeth Franco da Silva

  2. MARINALDO RIBEIRO CHAVES 29 de setembro de 2014 at 16:39 - 

    MEUS AGRADECIMENTO PRIMEIRO ADEUS E NOSSO SENHOR JESUS CRISTO E MARIA SUA MÃE,A BEZERRA DE
    MENEZES E AO MEDICO ESPIRITA DR.VIRGILIO AUGUSTO
    DE OLIVEIRA. PELA CIRURGIA DO MEU OMBRO DIREITO,
    ESTOU CURADO EM NOME DE NOSSO SENHOR JESUS.
    MUITO OBRIGADO SENHORES DO BEM ANJOS DE LUZ
    E DE CURA.
    AMEM SENHOR.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

÷ 1 = 4

RECEBA TEXTOS POR E-MAIL

Institucional

Todos os Temas