• Decepções, Dores da Alma

    A ingratidão pode ser capaz de dilacerar o coração

    Você já teve o sentimento de que alguém lhe foi ingrato alguma vez? Magoados pela decepção, muitos de nós nos atormentamos, fazendo juras de que nunca mais ajudaremos e alegamos, ainda, que seremos mais felizes não nos incomodando mais com o próximo. No exercício do bem, jamais deixemos que o não reconhecimento do próximo seja motivo para abandonar os propósitos de fazer o bem.

  • Aos que Sofrem, Decepções

    O Amigo Oculto

    Os discípulos, a caminho de Emaús, comentavam amargurados, os acontecimentos terríveis do Calvário. Permaneciam sob a tormenta da angústia. A dúvida penetrava-lhes a alma, levando-os ao abatimento, à negação. Um homem desconhecido, porém, alcançou-os na estrada. Oferecia o aspecto de mísero peregrino. Sem identificar-se, esclareceu as verdades da Escritura, exaltou a cruz e o sofrimento. Ambos os companheiros, que se haviam emaranhado no cipoal de contradições ingratas, experimentaram agradável bem-estar, ouvindo a argumentação confortadora…

  • Aos que Sofrem, Decepções

    O mais importante

    Se alguém lhe impôs decepções, o seu entendimento fraterno observará que isso é uma benção da vida, imunizando-lhe o espírito contra a aquisição de pesados e amargos compromissos futuros. Se experimenta obstáculos na própria sustentação, o seu devotamento ao trabalho lhe conferirá melhoria de competência e a melhoria de competência lhe alteará o nível de compensações e recursos.

Temas das Publicações