• Consolador Prometido, Doutrina Espírita

    Consolador Prometido por Jesus

    Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei a meu Pai e ele vos enviará outro Consolador, a fim de que fique eternamente convosco: – O Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque o não vê e absolutamente o não conhece. Mas, quanto a vós, conhecê-lo-eis, porque ficará convosco e estará em vós. -Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará recordar tudo o que vos tenho dito. (S. JOÃO, cap. XIV, vv. 15 a 17 e 26.)

  • Conselhos do Mestre, Jesus

    Amai os vossos inimigos

    No dia em que Jesus fez a recomendação de que os adversários deviam ser perdoados, a multidão dos ouvintes parece ter pasmado diante do programa inédito e contrário a velhas tradições. Como esquecer as ofensas recebidas? Como cancelar, gratuitamente, um débito que nos custou pranto, amargura e padecimento? Aos corações que conhecem toda a tragédia dolorosa, tecida de remorsos e de lágrimas, de viver sem perdoar, a esses ouvintes é que o convite de Jesus Cristo se dirigiu especialmente: AMAI OS VOSSOS INIMIGOS.

  • Autores Diversos, Histórias

    A Arte de Viver Juntos

    Conta uma lenda dos índios sioux que, certa vez, Touro Bravo e Nuvem Azul chegaram, de mãos dadas, à tenda do velho feiticeiro da tribo e pediram: – Nós nos amamos e vamos nos casar. Mas nos amamos tanto que queremos um conselho que nos garanta ficar sempre juntos, que nos assegure estar um ao lado do outro até a morte. Há algo que possamos fazer? E o velho, emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse:…

  • Caridade, São Paulo

    A importância do amor genuíno

    I Coríntios é como é conhecida a primeira epístola de S. Paulo aos coríntios. É nesta epístola que encontramos a famosa passagem sobre a importância do amor genuíno, no capítulo 13; e também sobre dons espirituais, no capítulo 12. A I Coríntios é considerada uma das epístolas mais poéticas do “Apostolo dos Gentios” como Paulo de Tarso era chamado.

  • Anjos da Guarda, Doutrina Espírita

    Os embaixadores de Deus

    Os anjos guardiães são embaixadores de Deus, mantendo acesa a chama da fé nos corações e auxiliando os enfraquecidos na luta terrestre. Vigilantes, utilizam-se de cada ensejo para instruir e educar, orientando com segurança na marcha de ascensão. Trabalham infatigavelmente pelo bem, infundindo coragem àqueles que protegem, mantendo a assistência em qualquer circunstância, na glória ou no fracasso. Nunca censuram, porque sua missão é de edificar as almas no amor, preservando o livre-arbítrio de cada uma, levantando-as após a queda, e permanecendo leais até que alcancem a meta da sua evolução. Os anjos guardiães são lições vivas de amor.

  • Autores Diversos, Histórias

    A importância do perdão

    O pequeno Zeca entra em casa, após a aula, batendo forte os seus pés no assoalho da casa. Seu pai, que estava indo para o quintal para fazer alguns serviços na horta, ao ver aquilo chama o menino para uma conversa. Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai dissesse alguma coisa, fala irritado: – Pai, estou com muita raiva. O Juca não deveria ter feito aquilo comigo. Desejo tudo de ruim para ele. Seu pai, um homem simples mas cheio de sabedoria, escuta calmamente o filho que continua a reclamar:…

  • Prática do Bem, Reforma Íntima

    Comecemos de nós mesmos

    Educaremos, educando-nos. Não faremos a renovação da paisagem de nossa vida, sem renovar-nos. Somos arquitetos de nossa própria estrada e seremos conhecidos pela influência que projetamos naqueles que nos cercam. Que o Espírito de Cristo nos infunda a decisão de realizar o auto-aprimoramento, para que nos façamos intérpretes do Espírito do Cristo. A caridade que salvará o mundo há de regenerar-nos primeiramente.

RECEBA TEXTOS POR E-MAIL

Institucional

Todos os Temas

PRODUTOS DIGITAIS SUGERIDOS