• Autores Indianos, Histórias

    A cenoura mágica

    Houve outrora na Índia uma mulher muito ranzinza. Chamava-se Kalaha, que significa “briguenta” no idioma bengali. A senhorita Kalaha batia boca com todo mundo ao menor pretexto e nunca praticava uma boa ação. Correram os dias e Kalaha foi ficando cada vez pior. Finalmente o Anjo da Morte visitou-a. Seu corpo astral começou a descer a melancólica escada em espiral que conduz às regiões profundas das trevas infernais. Desabou pesadamente no solo sulforoso do Hades. Tomada de agonia e medo…

  • A Morte, Aos que Sofrem

    O céu está a espera

    Morte não é aniquilação. É um estado de relaxamento passivo, involuntário, provocado por acidente, doença ou tristeza. A interrupção forçosa permanente do fluxo vital do corpo costuma ser chamada de “morte” ou fim definitivo da vida. Na verdade, trata-se apenas de uma fase passageira – não é de modo algum o fim, apenas a passagem da esfera das coisas feias e mutáveis para o reino da felicidade infinita, das luzes multicoloridas.

  • Prática do Bem, Reforma Íntima

    Ser bom

    A criatura bondosa domina a arte da sinceridade, pois, acima de tudo, é fiel consigo mesmo. Por ter desenvolvido uma natureza benevolente, tem aspecto jovial e sociável, demonstra carinho pelas crianças, aprecia a fauna e a flora, enfim gosta das coisas da Natureza. Em sua relação com os outros, é uma boa ouvinte, sempre disposta quando pode ser útil, solidária e cordial. Ser bom, em sua exata definição, é fazer escolhas ou tomar atitudes com compaixão, lançando mão da própria dignidade e, ao mesmo tempo, promovendo a dignidade alheia.

  • Despreendimento, Reforma Íntima

    O Espiritismo é excelente, nós espíritas, nem tanto

    Existe uma tendência à auto-suficiência entre os depositários do conhecimento espírita. A pior das ilusões é a que temos em relação a nós: a auto-ilusão. Na matriz das ilusões encontramos carências, desejos, culpas, traumas, frustrações e todo um conjunto de inclinações e tendências que formam o subjetivo campo das emoções humanas. O objetivo da reencarnação consiste em desiludir-nos sobre nós mesmos através da criação de uma relação libertadora com o mundo material. Como vencer nossas ilusões?

  • Causos de Chico Xavier, Doutrina Espírita

    O Gigante deitado

    Nascido em Ituiutaba (MG), em 1 de novembro de 1939 e tendo desencarnado em 25 de novembro de 1989, a vida de médium Jerônimo Mendonça foi um exemplo de superação de limites. Totalmente paralítico há mais de trinta anos, sem mover nem o pescoço, cego há mais de vinte anos, com artrite reumatóide que lhe dava dores terríveis no peito e em todo o corpo, era levado por mãos amigas por todo o Brasil a fora para proferir palestras. Foi tão grande o seu exemplo que foi apelidado “O Gigante Deitado” pelos amigos e pela imprensa. Estava internado num hospital de Ituiutaba quando…

  • Deus, Fé e Religiosidade

    O Sacerdote e o Filho

    Durante muitos anos, um sacerdote brâmane cuidava de uma capela. Quando precisou viajar, pediu a seu filho que se encarregasse das tarefas diárias até o seu retorno. Entre essas tarefas, o menino devia colocar a oferenda de alimento diante da Divindade e observar se Ela comia. O garoto dirigiu-se, animado, até o templo onde o pai trabalhava. Colocou o alimento e ficou aguardando as reações da imagem. O resto do dia ficou ali. E a estátua permaneceu imóvel. O menino, porém, fiel às instruções de seu pai, estava certo de que a Divindade desceria do altar para receber sua oferenda. Depois de muita espera, ele suplicou…

Temas das Publicações