Aos que Sofrem, Solidão

O que fazer quando a solidão nos invade a alma?

0 3386

O vazio da angústia de quem está só não é fácil de descrever quando não se tenha vivenciado tal dissabor. Somente quem já esteve (ou está) nesta desgradável situação pode narrar o aperto que o peito sente e a dor que a alma experimenta.

Ouvir uma voz amiga, ver uma pessoa querida, ou apenas ter a expectativa de alguns momentos de companhia carinhosa é um bálsamo que anestesia a ferida aberta, que alivia a respiração ofegante, e cria a esperança de dias melhores…

Mas como não depender apenas da caridade alheia para o alívio da dor que a solidão provoca?

Veja a inspiração maravilhosa que esta poesia do grupo Legião Urbana nos traz:

 

“Quando o sol bater

Na janela do teu quarto,

Lembra e vê

Que o caminho é um só,

 

Por que esperar

Se podemos começar

Tudo de novo?

Agora mesmo,

 

A humanidade é “desumana”

Mas ainda temos chance,

O sol nasce pra todos,

Só não sabe quem não quer,

 

Quando o sol bater

Na janela do teu quarto,

Lembra e vê

Que o caminho é um só,

 

Até bem pouco tempo atrás,

Poderíamos mudar o mundo,

Quem roubou nossa coragem?

Tudo é dor,

E toda dor vem do desejo,

De não sentimos dor,

 

Quando o sol bater

Na janela do teu quarto,

Lembra e vê

Que o caminho é um só”.

 

Isso mesmo: o caminho é um só. O caminho, a verdade e a vida está em Jesus. Ninguém chega ao Pai se não for através do Mestre querido. E ele é o “Sol” que bate todos os dias na janela dos nossos quartos.

Que a gente se lembre sempre de ter um minuto por dia com Jesus. Ele é o Companheiro certo de todas as horas e com Ele nunca nos sentiremos a sós.

Que o Senhor nos abençoe sempre!

 

Compartilhe
  • 5
    Shares

About the author / 

Editor

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

5 × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Novos Conteúdos

Temas das Publicações