Doutrina Espírita, Psicografias

Nem nossa ingratidão nos afasta do infinito amor de Deus

0 70

Infinito é o amor emanado por nós do plano espiritual a nossos companheiros menos esclarecidos que habitam a Terra e outras moradas de acesso a conhecimento inferior ao que nos encontramos.

No entanto, a caminhada dos irmãos a que me referi ainda é muito inconstante e viciosa.  A descrença, o desamor e a ignorância da bondade divina dominam as ações e pensamentos destes irmãos e com isso estes passam a se acreditar desamparados pelo plano superior.

Meus amigos, não vos enganeis, a bondade divina é infinita, e em momento nenhum o altíssimo desacreditou que em algum momento, a centelha de amor que Ele mesmo plantou em cada um de vós, à sua hora, iria germinar e dá bons frutos.

Nem mesmo vossa ingratidão afasta de nós a proteção do Pai. Sempre zeloso e cheio de piedade, Ele compreende a ignorância que ainda reina entre vós e das vossas atitudes de desamor, não leva magoas ou qualquer triste sentimento, apenas compreende a necessidade de redobrar o vosso apoio espiritual e cada vez mais lhes estender as mãos.

Várias vezes, porém, os emissários do Senhor permaneceram diante de vós de braços estendidos, e vós, em sua ignorância e orgulho, recusastes a receber o apoio que lhes era ofertado.

A ira meus irmãos, conforme a lei do retorno, em nada vos favorecerá, já as lágrimas e o arrependimento, lhes trarão braços amigos dispostos a lhes ajudar a suportar o peso da cruz que a cada um de vós foste determinada.

A orientação espiritual e os amigos fraternos encarnados são todos instrumentos de Deus que necessitam ser reconhecidos e recebidos por vós. Seria muita pretensão pensar que o próprio Pai poderá vir em vosso auxílio. A ordem dos mundos não funciona como pensais ou desejais, a ordem dos mundos funciona de modo a proporcionar trabalho e socorro a todos àqueles que o desejarem.

Se compreenderes a tua necessidade de ajuda e socorro, sabereis que deves estar atento a toda e qualquer manifestação terrena ou mesmo espiritual que se vos apresentar, pois neste reino, não há uma única gota d’água que brote sem que para isso tenha havido a consciência e permissão do Pai.

Sejais gratos e atentos, pois só assim serão capazes de reconhecer o socorro que tanto aclamais, e que sempre lhes foi oportunizado receber.

Se despojem do orgulho e se revistam de humildade e fé, é com esta vestimenta que se adentrará o reino do Senhor.

Abençoado aquele que sabe enxergar a bondade divina, e que não deixa que nossos irmãos empreguem em vão a tarefa do socorro.

Abençoados sejam sempre por vosso Pai.

Mensagem psicografada em 01 de abril de 2013, por Tassia Beatriz.

Compartilhe
  • 45
    Shares

About the author / 

Editor

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

8 + 1 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba novos conteúdos

Temas das Publicações