Doutrina Espírita, Princípios espíritas

A nova fase do espiritismo, por Eurípedes Barsanulfo

0 197

MENSAGEM DE EURÍPEDES BARSANULFO

A primeira era da revelação espírita trouxe através das mesas girantes a comprovação da imortalidade da alma em provas patentes e irrefutáveis.

Homens do pensamento e da razão quedaram suas incredulidades ante as manifestações mediúnicas, os fenômenos de materialização, que desafiavam a própria lei da gravidade demonstrando que ali existia uma força, além da conhecida pela ciência, porém uma força da própria natureza.

Esta primeira fase revelou o brilhantismo do raciocínio lógico, do pensamento que hoje serve de base para as instruções que embasam o corpo doutrinário do Espiritismo.

Depois, as manifestações intelectuais, demonstrando uma comunicação profunda entre o mundo espiritual e o mundo corporal logrando sucessos ainda não alcançados e catalogados por qualquer pesquisador atento na humanidade.

Essas conquistas vieram pelas mentes, pelas mãos e pelas vozes de inúmeros trabalhadores da mediunidade, demonstrando que a vida causal permanece depois do túmulo, prosseguindo pulsante a inteligência, o sentimento, a saudade e o amor.

É o que revela o trabalho incessante dos Espíritos atuando na vida material, bem como os reencarnados influenciando o mundo espiritual.

Foi a era da conexão, da comunicação que ainda estamos vivendo.

Nessas duas fases, o espiritismo conseguiu demonstrar sem dúvida, seu conteúdo nobre, sua força moral, seu trabalho de transformação da humanidade, a sua contribuição para com o pensamento filosófico, religioso, científico, porquanto a mediunidade, porta aberta de ascensão, a todas as criaturas que necessitavam dessa máxima, que é a imortalidade para poderem tornar suas vidas com muito mais sentido e muito mais direção responsável.

Mas agora não será pelos fenômenos, nem será pelas manifestações materiais que os Espíritos buscarão trabalhar nos corações das criaturas.

A nova fase do espiritismo será através dos espíritas, da conduta, do trabalho de humildade!

Agora, será através da exemplificação, o maior fenômeno espírita que esta nova fase se abre e serão aos espíritas que compreendem a lei do amor, a necessidade de demonstrarem não mais com o raciocínio apenas, mas com os gestos silenciosos de todos os dias, na força da fé vibrante que não cede ante as imposições do mundo, com suas propostas transitórias e efêmeras.

O Espiritismo logrará e culminará sua verdadeira destinação, através das almas que se entregarem para a regeneração de si mesmas, auxiliando a regeneração do mundo!

Seremos nós, meus irmãos, as novas mesas girantes, seremos nós os novos livros psicografados, seremos nós as novas manifestações de materialização do amor de Deus na Terra!

Por isso, abramo-nos sem receio à força deste poder cósmico não temendo se a voz dos outros quiserem falar em brados contra o nosso trabalho, quiserem atirar-nos na lama ou apontar as pedras contra nós!

Seremos nós hoje os novos filhos do calvário!

Não temamos se ante o silêncio, a oração, a humildade, o desprendimento, a compaixão, recebermos ao invés da compreensão e da amizade, os petardos da maledicência, da angústia contida nas almas que invejam ou que sofrem ainda as debilidades, em si mesmos, por não conseguirem despertar a luz por vontade própria.

Abracemo-nos uns aos outros numa única sintonia de amor facultando a possibilidade do Homem, encontrar ainda, um fenômeno que só há 2000 anos a Terra teve notícia em grande coletividade, que foi a vinda de Jesus e a renúncia dos cristãos.

Entendamos, meus filhos, que este é o momento da nossa nova revelação e será através das arenas silenciosas, dos coliseus invisíveis que confiantes falaremos novamente pela conduta e somente pela conduta a voz eterna: Ave Cristo! Aqueles que Te amam dão a vida por Ti!

Eurípedes Barsanulfo
(Mensagem psicofônica recebida na reunião mediúnica da Federação Espírita do Estado de Mato Grosso em 11 de janeiro de 2010, pela mediunidade de Afro Stefanini II)

Nota: Eurípedes Barsanulfo foi um educador, político, jornalista, e médium brasileiro, um dos expoentes e pioneiros do espiritismo no país. Wikipédia. Nascimento: 1 de maio de 1880, Sacramento, Minas Gerais. Falecimento: 1 de novembro de 1918, Sacramento, Minas Gerais.

Compartilhe

About the author / 

Editor

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

38 + = 48

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Temas das Publicações