• Aos que Sofrem, Provas e expiações

    As dores da evolução: o estímulo de Deus ao progresso

    Quando o homem expia, ele sofre mais e é comum sentir-se sozinho. A solidão produz o medo, e o medo gera o sentimento de que a pessoa não terá forças para prosseguir no processo que foi iniciado por Deus. Então, o ser humano com medo diz que não conseguirá ir adiante. Deus não se importa com essa atitude, pois a entende como própria do ser ainda infantilizado, e prossegue, sereno, levando a criatura humana a vivenciar a necessidade de se estimular. Deus, normalmente, traz para as pessoas, nessa hora, em série de confortos, de consolações: é um amigo, é um livro, é o amor, é a paz, para que a criatura tenha condições de continuar no seu processo de aprimoramento.

RECEBA NOVOS TEXTOS POR E-MAIL

Quinzenalmente, enviamos um e-mail com os novos textos do site. Participe!

Ajude a divulgar Um Caminho

Temas das Publicações