• Jesus, Sermão da Montanha

    O que Jesus quis dizer com “bem-aventurados os mansos, porque herdarão a Terra”?

    O Mestre não fez elogio da preguiça, que se mascara de humildade, nem da covardia que se veste de cordura para melhor acomodar-se às conveniências humanas. Os mansos bem-aventurados são os homens de trato ameno que sabem usar a energia construtiva entre o gesto de bondade e o verbo da compreensão. Os filhos do equilíbrio e da gentileza que aprendem a negar o mal, sem ferir o irmão ignorante que o solicita sem saber o que pede. Por onde cruzam, deixam os sinais de melhoria, de elevação, bem-estar e contentamento!

  • Jesus, Sermão da Montanha

    O Sermão da Montanha segundo o Vedanta – I

    Bem aventurados os que choram, porque serão consolados

    Enquanto nos julgarmos ricos de bens terrenos ou de conhecimentos, não poderemos progredir espiritualmente. Quando sentirmos que somos pobres em espírito, quando nos afligirmos por não termos percebido a verdade de Deus – somente então seremos consolados. Sri Ramakrishna costumava dizer: “As pessoas derramam rios de lágrimas porque um filho não nasceu ou porque não conseguiram ficar ricas. Quem, entretanto, verte sequer uma lágrima por não ter visto Deus?”

  • Jesus, Sermão da Montanha

    O Sermão da Montanha segundo o Vedanta – II

    Antes de chegada a hora de pronunciar o Sermão da Montanha, Jesus pregou por toda a Galiléia. E Jesus ensinava as multidões de acordo com a capacidade delas; mas o Sermão que contém seus ensinamentos mais elevados reservou-o ele para os seus discípulos, para aqueles que estavam espiritualmente preparados. Levou-os à encosta de uma colina, onde não seriam interrompidos pelos que não estivessem preocupados com sua verdade suprema. Vendo a multidão, subiu ao monte. Ao sentar-se, aproximaram-se dele os seus discípulos: E abrindo a boca, ensinava-os, dizendo…

RECEBA NOVOS TEXTOS POR E-MAIL

Quinzenalmente, enviamos um e-mail com os novos textos do site. Participe!

Temas das Publicações