• Reforma Íntima, Temperança

    Por que algumas vezes o conhecimento inibe o progresso?

    Quase todos os desequilíbrios do mundo se originam da intemperança naqueles que aprenderam alguma coisa. Apesar dos inúmeros benefícios da ciência, há o homem de acautelar-se quanto aos desatinos do saber. A ciência e o conhecimento, em suas expressões diversas, dão mão forte a conflitos ruinosos ou inúteis em política, filosofia, religião e nas organizações e famílias. Logo, quem sabe precisa ser sóbrio. Pois, afinal, não adianta saber para destruir.

Receba novos conteúdos

Temas das Publicações