• Ciência e Religião, Mediunidade

    A mediunidade é uma faculdade latente em todos os indivíduos

    A mediunidade é uma faculdade que está latente em todos os indivíduos, podendo apresentar-se ou manifestar-se por vários modos, dependendo do estágio moral de cada médium. Allan Kardec sintetiza os médiuns em duas categorias: aqueles de efeitos físicos e aqueles de efeitos intelectuais. “Mediunidade não é pretexto para situar-se a criatura no fenômeno exterior ou no êxtase inútil, à maneira da criança atordoada no deslumbramento da festa vulgar. É, acima de tudo, caminho de árduo trabalho em que o espírito, chamado a servi-la, precisa consagrar o melhor das próprias forças para colaborar no desenvolvimento do bem” – Ensinamentos do Espírito Emmanuel, no livro “Mediunidade e Sintonia”, pelo médium Chico Xavier.

  • Chico Xavier, Líderes Espirituais

    Chico Xavier – uma lição de vida

    Estávamos na residência do Chico Xavier. Seu estado de saúde não lhe permitia deslocar-se até o centro. A multidão se comprimia lá na rua em frente. Quando o portão se abriu, a fila de pessoas tinha alguns quarteirões. Foram passando uma a uma em frente ao Chico. Pessoas de todas as idades, de todas as condições sociais e dos mais distantes lugares do país. Algumas diziam…(veja uma lição de humildade e amor ao próximo – assista também o trailler do filme sobre a vida de Chico Xavier)

  • Ciência e Religião, Mediunidade

    Pode a alma, depois da morte, manifestar-se aos vivos?

    A simples razão diz que nisto nada absolutamente há de impossível, o que já é alguma coisa. Demais, esta crença tem a seu favor o assentimento de todos os povos, porquanto com ela deparamos em toda parte e em todas as épocas. Ora, nenhuma intuição pode mostrar-se tão generalizada, nem sobreviver ao tempo, se não tiver algum fundamento. Saiba mais assistindo os vídeos com a entrevista de Ana Maria Braga com o médium Divaldo Franco.

  • Ciência e Religião, Mediunidade

    O que é mediunidade?

    A mediunidade é uma sensibilidade existente nos seres vivos. É uma espécie de “janela” pela qual se recebem as influências do plano espiritual. Toda criatura viva possui mediunidade ou ao menos seus rudimentos. Ela independe das condições morais do indivíduo. Há médiuns que a utilizam de forma incorreta e prejudicial a quem deles se serve. O bom ou mau uso dessa faculdade está relacionado ao maior ou menor grau de aprimoramento moral do indivíduo responsável por intermediar as comunicações entre o plano espiritual e o material.

RECEBA TEXTOS POR E-MAIL

Institucional

Todos os Temas

Ajude-nos a divulgar nosso trabalho