Aflição, Aos que Sofrem

Como tens encarado as crises em tua vida?

1 76

Crises

“Pai, salva-me desta hora; mas para isto vim a esta hora.” – Jesus. (João, 12:27.)

A lição de Jesus, neste passo do Evangelho, é das mais expressivas.

Ia o Mestre provar o abandono dos entes amados, a ingratidão de beneficiários da véspera, a ironia da multidão, o apodo na via pública, o suplício e a cruz, mas sabia que ali se encontravam para isto, consoante os desígnios do Eterno.

Pede a proteção do Pai e submete-se na condição do filho fiel.

Examina a gravidade da hora em curso, todavia reconhece a necessidade do testemunho.

E todas as vidas na Terra experimentarão os mesmos trâmites na escala infinita das experiências necessárias.

Todos os seres e coisas se preparam, considerando as crises que virão. É a crise que decide o futuro.

A terra aguarda a charrua.

O minério será remetido ao cadinho.

A árvore sofrerá a poda.

O verme será submetido à luz solar.

A ave defrontará com a tormenta.

A ovelha esperará a tosquia.

O homem será conduzido à luta.

O cristão conhecerá testemunhos sucessivos.

É por isto que vemos, no serviço divino do Mestre, a crise da cruz que se fez acompanhar pela bênção eterna da Ressurreição.

Quando pois te encontrares em luta imensa, recorda que o Senhor te conduziu a semelhante posição de sacrifício, considerando a probabilidade de tua exaltação, e não te esqueças de que toda crise é fonte sublime de espírito renovador para os que sabem ter esperança.

Fonte: extraído do livro “Vinha de Luz”, de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito Emmanuel. Federação Espírita Brasileira.

Compartilhe

About the author / 

Editor

1 Comment

  1. Cristiane campos 25 de maio de 2014 at 6:47 - 

    Esse e-mail que recebi sobre a crises veio em um momento muito pertinente. Meu marido é um homem muito extrovertido porém muito opinioso e fechado, também é muito orgulhoso e sempre vivo rodeada de fofocas sobre traição. Estamos a ponto da separação e com tudo que já vivi com ele muitas mágoas acumuladas, nessa nossa última crise achei que não teria jeito mais, até receber o boletim 08/2014 que fala das crises. Li, refleti e lembrei que eu não sofro nem um milésimo do que JEsus sofreu e meu coração deu uma aliviada. Resolvi mandar esse texto pra ele ler também e vamos ver o que ele vai falar comigo. Estou na esperança de que ele também perceba que somos fracos, mas podemos nos unir e vencer. Obrigada pela luz….

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

× 7 = 35

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Temas das Publicações