• Amor, Ciência e Religião

    Ciência e Amor

    “A ciência incha, mas o amor edifica.” Paulo. (1 CORINTIOS, 8:1.) A ciência pode estar cheia de poder, mas só o amor beneficia. A ciência, em todas as épocas, conseguiu inúmeras expressões evolutivas. Vemo-la no mundo, exibindo realizações que pareciam quase inatingíveis. Máquinas enormes cruzam os ares e o fundo dos oceanos. A palavra é…

  • Amor, Ciência e Religião

    A ciência humana e o amor

    A ciência pode estar cheia de poder, mas só o amor beneficia. Não duvidamos de que a primeira, bem interpretada, possa dotar o homem de um coração corajoso, entretanto, somente o segundo pode dar um coração iluminado. O mundo permanece em obscuridade e sofrimento, porque a ciência foi assalariada pelo ódio, que aniquila e perverte, e só alcançará o porto de segurança quando se render plenamente ao amor de Jesus Cristo.

  • Amor, Relações Conflituosas

    Lesões afetivas

    Um tipo de auxílio raramente lembrado: o respeito que devemos uns aos outros na vida particular. Tangendo este assunto, lembramo-nos automaticamente de Jesus, perante a multidão e a mulher sofredora, quando afirmou peremptório: “aquele que estiver isento de culpa, atire a primeira pedra”.

  • Amor, Ciência e Religião

    Por que o mundo permanece ainda em obscuridade e sofrimento?

    A ciência pode concretizar muitas obras úteis, mas só o amor institui as obras mais altas. Não duvidamos de que a primeira, bem interpretada, possa dotar o homem de um coração corajoso; entretanto, somente o segundo pode dar um coração iluminado. O mundo permanece em obscuridade e sofrimento, porque a ciência foi assalariada pelo ódio, que aniquila e perverte, e só alcançará o porto de segurança quando se render plenamente ao amor de Jesus-Cristo.

  • Amor, Ciência e Religião

    Diferença entre amor e paixão

    O amor é o olhar de Deus, sentimento superior no qual se fundem e se harmonizam todas as qualidades do coração; é o coroamento das virtudes humanas, doçura, caridade, bondade; é a eclosão na alma de uma força que nos arrasta acima da matéria! Não ornamentem com tal nome a ardente paixão que os desejos carnais atiçam. Esta não é senão uma sombra, um grosseiro plágio do amor.

  • Amor, Ciência e Religião

    Ciência e amor

    Se a ciência descobre explosivos, esclarece o amor quanto à utilização deles na abertura de estradas que liguem os povos; se a primeira confecciona um livro, ensina o segundo como gravar a verdade consoladora. A ciência pode concretizar muitas obras úteis, mas só o amor institui as obras mais altas. Não duvidamos de que a primeira, bem interpretada, possa dotar o homem de um coração corajoso; entretanto, somente o segundo pode dar um coração iluminado.

Receba Novos Conteúdos

Temas das Publicações