• Deus, Fé e Religiosidade

    Fortaleçamo-nos na consciência edificada na fé

    Há muita gente que se julga forte… Nos recursos financeiros, que surgem e fogem. Na posse de terras, que se transferem de dono. Na beleza física, que brilha e que passa. No oásis de felicidade exclusiva, que a tempestade destrói. Todavia, somente a consciência edificada na fé, pelos deveres bem cumpridos à face das Leis Eternas, consegue sustentar-se, invulnerável, sobre o domínio próprio.

  • Deus, Fé e Religiosidade

    Fé não é uma muleta milagrosa

    Ter fé é compreender que “Deus está em tudo, e tudo está em Deus”, conforme legitimou Jesus Cristo: “Quem me vê, vê o Pai. Como podes dizer: Mostra-nos o Pai!? Não crês que estou no Pai e o Pai está em mim?”. A fé à qual se referia o Mestre é aquela que vibra no coração das criaturas que acreditam que Deus tudo vê e provê. Mas nossa consciência de vida é diminuta e frágil, por isso a maioria de nós não compreende que a fé verdadeira respeita os ritmos e os ciclos naturais da vida, considera que tudo está certo e nada está fora dos domínios da Ordem Providencial divina.

  • Deus, Fé e Religiosidade

    A prece

    A prece é uma elevação acima das coisas terrestres, um ardente apelo, um impulso, um bater de asas em direção às regiões em que não perturbam os murmúrios, as agitações do mundo material e onde o ser haure as inspirações que lhe são necessárias. Quanto mais potente for seu impulso, mais sincero é seu apelo, mais distintas, mais claras revelam-se-lhe as harmonias, as vozes, as belezas dos mundos superiores.

  • Deus, Poder da Prece

    Oração Nossa

    Senhor ensina-nos a orar, sem esquecer o trabalho. A dar, sem olhar a quem. A servir, sem perguntar até quando… A sofrer, sem magoar, seja quem for. A progredir, sem perder a simplicidade. A semear o bem, sem pensar nos resultados… Leia mais…

  • Deus, Prece a Deus

    Eficácia da prece

    O que Deus poderá conceder, se confiante o homem lha suplicar, é a coragem. Na paciência e na resignação, igualmente encontra ele meios de escapar aos embaraços, pelo auxílio das idéias que os bons Espíritos lhe sugerem, deixando-lhe, porém, o mérito da ação. Deus assiste os que se ajudam a si mesmos, confirmando esta máxima: “Ajuda-te e o céu te ajudará.”

  • Deus, Espírito e Matéria

    Propriedades da matéria

    A ponderabilidade é um atributo essencial da matéria? A matéria é formada de um único ou de vários elementos? De onde vêm as diferentes propriedades da matéria? Os sabores, os odores, as cores, o som, as qualidades venenosas ou salutares dos corpos apenas seriam modificações de uma única e mesma substância primitiva? A mesma matéria elementar é suscetível de passar por todas as modificações e adquirir todas as propriedades?

  • Deus, Fé e Religiosidade

    O Sacerdote e o Filho

    Durante muitos anos, um sacerdote brâmane cuidava de uma capela. Quando precisou viajar, pediu a seu filho que se encarregasse das tarefas diárias até o seu retorno. Entre essas tarefas, o menino devia colocar a oferenda de alimento diante da Divindade e observar se Ela comia. O garoto dirigiu-se, animado, até o templo onde o pai trabalhava. Colocou o alimento e ficou aguardando as reações da imagem. O resto do dia ficou ali. E a estátua permaneceu imóvel. O menino, porém, fiel às instruções de seu pai, estava certo de que a Divindade desceria do altar para receber sua oferenda. Depois de muita espera, ele suplicou…

Receba novos conteúdos

Temas das Publicações