• Jesus, Sermão da Montanha

    Bem-aventurados os que são brandos e pacíficos

    Jesus faz da brandura, da moderação, da mansuetude, da afabilidade e da paciência, uma lei. Condena, por conseguinte, a violência, a cólera e até toda expressão descortês de que alguém possa usar para com seus semelhantes. Toda palavra ofensiva exprime um sentimento contrário à lei do amor e da caridade que deve presidir às relações entre os homens e manter entre eles a concórdia e a união.

  • Conselhos do Mestre, Jesus

    O que faria Jesus em seu lugar?

    Imagine que, diante de algumas circunstâncias casuais de sua vida, um de seus irmãos em Cristo teve atitudes que lhe tomaram de revolta e até mesmo de ódio, a ponto de você julgá-lo como um inimigo mortal. Figura desprezível, abominável, não grata. Situações como essa são mais comuns do que imaginamos, seja em família, no trabalho, em grupos sociais e, até mesmo, em relação a figuras públicas. A pergunta aqui é a seguinte: sendo Jesus nosso modelo e guia, o que Ele faria em nosso lugar?

  • Jesus, O Poder da Oração

    Orando com você – Oração pelo seu lar

    O escritor e palestrante José Carlos de Lucca nos convida para um instante especial de oração, que nos traz uma sensação de paz maravilhosa. Uma maneira muito gostosa de receber Jesus em nosso lar. Uma oportunidade imperdível de sentir as vibrações amorosas do Cristo. Um momento único de perceber uma luz imensa a invadir nossa casa e nos trazer um bem-estar que tanto necessitamos em nossa vida.

  • Jesus, O Cristo

    Hegemonia de Jesus

    Antes de Abraão, ou precedendo os grandes vultos da sabedoria e do amor na História mundial, o Cristo já era o luminoso centro das realizações humanas. De sua misericórdia partiram os missionários da luz que, lançados ao movimento da evolução terrestre, cumpriram, mais ou menos bem, a tarefa redentora que lhes competia entre as criaturas, antecedendo as eternas edificações do Evangelho.

  • Conselhos do Mestre, Jesus

    Coragem! Sou Eu, não tenham medo.

    O barco da nossa vida não vai virar se tivermos coragem para enfrentar os desafios do caminho. Problemas, desafios, obstáculos sempre surgirão na estrada da nossa vida. Jesus não impediu que a tempestade apanhasse os discípulos em plena travessia do lago da Galileia. Não fez isso, porque queria transmitir aos discípulos a lição da coragem, da autoconfiança e da fé. O Mestre sabia que seus discípulos eram medrosos e inseguros e, por isso, deixou que eles enfrentassem uma situação de perigo para que, através dela, aprendessem a exercitar a coragem.

Temas das Publicações