• Aos que Sofrem, Orai e vigiai

    POESIA – “No Horto”, de Auta de Souza

    “Oro de joelhos, Senhor, na terra” “Purificada pelo teu pranto. . .” “Minh’alma triste que a dor aterra” “Beija os teus passos, Cordeiro santo!” “Eu tenho medo de tanto horror. . .” “Reza comigo, doce Senhor!” “Que noite negra, cheia de sombras.” “Não foi a noite que aqui passaste?” “Ó noite imensa. . . por que me assombra.” “Tu que nas trevas me sepultaste?” “Jesus amado, reza comigo. . .” “Afasta a noite, divino amigo!”

  • Autores Diversos, Histórias

    Bordados da vida

    Muitas vezes, ao longo dos anos, tenho olhado para o céu e dito: – Pai, o que estás fazendo? Ele responde: – Estou bordando sua vida, filho! E eu continuo perguntando: – Mas está tudo tão confuso… Pai, tudo está desordenado. Há muitos nós, fatos ruins que não terminam e coisas boas que passam rápido. Os fios são escuros… Por que não são mais brilhantes? O Pai parece dizer…

Receba Novos Conteúdos

Temas das Publicações