• Benevolência, Caridade

    A afabilidade e a doçura

    O mundo está cheio de criaturas que têm nos lábios o sorriso e no coração o veneno, cuja língua, de ouro quando falam pela frente, se muda em dardo peçonhento, quando estão por detrás. A estes lembramos que a Deus ninguém engana. Não basta que dos lábios manem leite e mel. Se o coração de modo algum lhes está associado, só há hipocrisia. Aquele cuja afabilidade e doçura não são fingidas nunca se desmente: é o mesmo, tanto em sociedade, como na intimidade.

Temas das Publicações