• Caridade, Dar ao próximo

    Farás da própria alma lâmpada acesa para amares servindo

    Ainda quando te vejas absolutamente a sós, no trabalho do bem, não esmorecerás. Quando alguém te aponte os males do mundo, lembrar-te-ás dos que te suportaram as fraquezas da infância, e daqueles outros que partiram da Terra, abençoando-te o nome, depois de repetidos exemplos de sacrifício para que pudesses livremente viver. Recordarás os benfeitores anônimos que te deram entendimento e esperança, prosseguindo fiel ao apostolado de amor e serviço que te legaram. Mesmo quando a ambição e o orgulho te golpeiem de suspeitas e de rancores o espírito desprevenido, amarás servindo sempre.

  • Aos que Sofrem

    No filme da vida, a ingratidão de amigos é uma cena inevitável

    Há mais crucificadores do que solidários na via de redenção. Esquecem-se, os homens, do bem recebido. Em algumas ocasiões, talvez o teu amigo te inveje a paz, a irrestrita confiança em Deus, e, por isto, quer perturbar-te. Persevera, tranquilo! Ele e isto, esta provação, passarão logo, menos o que és, o que faças. Se erraste, e ele te azorraga, alegra-te, e resgata o teu equívoco. Se estás inocente, credita-lhe as tuas dores atuais, que te aprimoram e te aproximam de Deus.

  • Jesus, Luz do Mundo

    Um certo dia um homem esteve aqui

    A letra dessa música é uma psicografia de Chico Xavier pelo espírito Emmanuel que foi entregue a Roberto Carlos nos “anos 70” em visita a Uberaba (MG) e juntamente com Erasmo Carlos, no ano de 1973, a transformaram nessa magnífica canção que emociona ao falar com simplicidade, mas extrema beleza da passagem do Mestre entre nós.

Temas das Publicações