Cristianismo, Doutrina Espírita

Ser Cristão, na essência, é tarefa árdua, mas gloriosa

0 89

Tarefa árdua, mas gloriosa

Desejar ser cristão, exemplificando os ensinamentos do Mestre, é tarefa árdua, mas gloriosa.

Os discípulos do Cristo não foram apenas aqueles de que nos fala o Novo Testamento, mas qualquer um de nós que disponha sofrer amargores, injustiças, maledicências, perseguições em benefício do próximo.

Por isso, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.

Negar-se a si mesmo é renunciar; carregar a sua cruz é receber com humildade o sofrimento e os ataques solertes do mundo.

Quem quiser afastar-se da renúncia, jamais seguirá o Cristo.

A tarefa, como disse, é árdua, principalmente para aqueles que vivem obcecados pelos bens terrenos.

O Evangelho, meus irmãos, não foi legado à Humanidade para ser apenas lido e comentado, mas para ser exemplificado em todos os seus termos.

Os bens terrenos se encontram em mãos de uma minoria que explora a grande maioria dos seres humanos. Essa minoria não compreendeu ainda que não adianta possuir o mundo e perder a alma.

Deus deu o sol, a chuva, as flores, tudo de bom a todos os seus filhos, sem distinção de cor, credo ou nacionalidade. Entretanto, até as sobras são guardadas avaramente!

As palavras de Jesus não se perderão na poeira dos tempos como imaginam os egoístas, os ambiciosos, os prepotentes.

Bem-Aventurados aqueles que leem e aqueles que ouvem as palavras do Mestre, e guardam as coisas escritas na profecia, pois o tempo está próximo!

Fonte: extraído do livro “Coletânea de Mensagens de José”. Recebidas por Helcio Eugenio de Lima e Silva. Folha Carioca Editora Ltda.

About the author / 

Editor

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

3 × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Temas das Publicações

O que é o Espiritismo e a Doutrina Espírita?
Vida com Abundância