• Auto-conhecimento, Paixões humanas

    Os nossos maiores inimigos

    Os mais terríveis inimigos do homem residem no país da alma e não vêm de fora, devendo ser combatidos com perseverante calma e continuada vigilância. O aprendiz, que anela pela vitória, deve ser exigente para consigo mesmo e benevolente para com o próximo, trabalhando sempre pela transformação desses inimigos em companheiros que lhe facultem a generosidade radiosa, enriquecedora.

  • Aos que Sofrem, Paixões humanas

    O homem e suas paixões

    Será substancialmente mau o princípio originário das paixões, embora esteja na natureza? Como se poderá determinar o limite onde as paixões deixam de ser boas para se tornarem más? Poderia sempre o homem, pelos seus esforços, vencer as suas más inclinações? Pode o homem achar nos Espíritos eficaz assistência para triunfar de suas paixões? Não haverá paixões tão vivas e irresistíveis, que a vontade seja impotente para dominá-las? Qual o meio mais eficiente de combater-se o predomínio da natureza corpórea?

RECEBA TEXTOS POR E-MAIL

Institucional

Todos os Temas