• Caridade, Mensagens dos Espíritos

    Caridade: quando o muito é pouco e o pouco é tudo

    Dois homens acabavam de morrer. Deus havia dito: – Enquanto esses dois homens viverem, serão postas as suas boas ações num saco para cada um, e quando morrerem, serão pesados esses sacos. Quando ambos chegaram à sua última hora, Deus mandou que lhe levantassem os dois sacos. Um estava cheio, volumoso, estufado, e retinia o metal dentro dele. Postos na balança, eis a surpresa…

  • Benevolência, Caridade

    Usa a linguagem e a dose certa do amor para ajudar ao próximo

    Há méritos celestiais naquele que desce ao pântano sem contaminar-se, na tarefa de salvação e reajustamento. Conserva a energia construtiva do exemplo respeitável, mas não olvides que a ciência de ensinar só triunfa integralmente no orientador que sabe AMPARAR, ESPERAR e REPETIR. Não podemos esquecer a expressiva declaração de Paulo de Tarso quando afirmou que, para a vitória do bem, se fez fraco para os fracos, fazendo-se tudo para todos, a fim de, por todos os meios, chegar a erguer alguns.

  • Caridade, Piedade

    Tende piedade

    A piedade é a virtude que mais vos aproxima dos anjos. É a irmã da caridade que vos conduz para Deus. Jamais sufoqueis, portanto, em vossos corações, essa emoção celeste, nem façais como esses endurecidos egoístas que fogem dos aflitos, para que a visão de suas misérias não lhes perturbe por um instante a feliz existência. Temei ficar indiferentes, quando puderdes ser úteis! A tranqüilidade conseguida ao preço de uma indiferença culposa é a tranqüilidade do Mar Morto, que oculta na profundeza de suas águas a lama fétida e a corrupção.

  • Benevolência, Caridade

    O que é compaixão?

    A compaixão e a sensibilidade são partes do amor cristão e ferramentas eficazes para entrarmos em contato com o que os outros sentem e escutá-los com atenção silenciosa. Só podemos expressar autêntica compaixão se utilizarmos uma atmosfera de aceitação e respeito pelas dificuldades alheias. Dessa maneira podemos penetrar e tocar o Espírito de outra pessoa.

  • Caridade, Saber calar

    O argueiro e a trave no olho

    Como poderá um homem, bastante presunçoso para acreditar na importância da sua personalidade e na supremacia das suas qualidades, possuir ao mesmo tempo abnegação bastante para fazer ressaltar em outrem o bem que o eclipsaria, em vez do mal que o exalçaria? Quantos são aqueles que possuem forte inclinação para julgar o próximo, enquanto não conseguem enxergar seus próprios defeitos que estão a menos de um palmo de suas vistas?

  • Benevolência, Caridade

    A afabilidade e a doçura

    O mundo está cheio de criaturas que têm nos lábios o sorriso e no coração o veneno, cuja língua, de ouro quando falam pela frente, se muda em dardo peçonhento, quando estão por detrás. A estes lembramos que a Deus ninguém engana. Não basta que dos lábios manem leite e mel. Se o coração de modo algum lhes está associado, só há hipocrisia. Aquele cuja afabilidade e doçura não são fingidas nunca se desmente: é o mesmo, tanto em sociedade, como na intimidade.

Receba novos conteúdos

Temas das Publicações