• Paixões humanas, Sexo e espiritualidade

    Vida sexual e afetiva

    Você está contente com a sua vida sexual e afetiva? Quando essas pessoas passam a se unir sexualmente se estabelece entre elas uma troca de energias que as abastece psiquicamente. Você atrai o que você imagina em sua cabeça como se já estivesse realizado, como se já existisse. Valorizar a si mesmo é bom, é salutar, é necessário. Só se você valorizar a si mesmo terá condições de atrair alguém que o valorize.

  • Allan Kardec, Justiça Divina

    Esquecimento das vidas passadas

    Se Deus considerou conveniente lançar um véu sobre o passado, é que isso deve ser útil. Deus nos deu, para nos melhorarmos, justamente o que necessitamos e nos é suficiente: a voz da consciência e as tendências instintivas; e nos tira o que poderia prejudicar-nos. A falta de uma lembrança precisa, que poderia ser-lhe penosa e prejudicial às suas relações sociais, permite-lhe haurir novas forças nesses momentos de emancipação da alma, se ele souber aproveitá-los.

  • Bezerra de Menezes, Transição Planetária

    A transição do planeta Terra

    A população terrestre alcança a passos largos o expressivo número de sete bilhões de seres reencarnados simultaneamente, disputando a oportunidade da evolução. Assim, a divulgação do Espiritismo é de fundamental importância por demonstrar a todos a imortalidade, a justiça divina, a mediunidade, os mecanismos de valorização da experiência na reencarnação e o imenso significado de cada momento existencial.

  • Amadurecimento, Problemas sociais

    Sejamos a mudança que gostaríamos de ver no mundo

    Se tudo aquilo que não vai bem em nossa sociedade é reflexo da mentalidade dominante, é bem provável que nossos pensamentos e atitudes estejam contribuindo para a manutenção da situação atual, facilitando inclusive toda a problemática social que vivenciamos dia após dia. Se quisermos mudança, ao invés de reclamar, devemos nos habilitar para sermos essa mudança que tanto almejamos e para, pouco a pouco, contagiarmos o resto da humanidade com essa boa nova.

  • Dúvidas, Leis morais

    Não nos escravizemos aos gastos supérfluos

    Ocasiões existem em que se torna necessário fazer uma pausa para avaliar a nossa postura à frente da existência, nos limites do nosso caminho, quanto na esfera do lar. Quantas são as pessoas que compram por comprar, gastam por gastar, sem qualquer consideração para com a própria vida, sem qualquer reflexão acerca da utilidade que poderia patrocinar para terceiros, do próprio lar ou da relação social?

RECEBA TEXTOS POR E-MAIL

Institucional

Todos os Temas