• Autores Diversos, Histórias

    Cicatrizes

    Era uma vez um garoto que tinha um temperamento muito explosivo. Um dia ele recebeu um saco cheio de pregos e uma placa de madeira. O pai disse a ele que martelasse um prego na tábua toda vez que perdesse a paciência com alguém. No primeiro dia o garoto colocou trinta e sete pregos na tábua. Já nos dias seguintes, enquanto ele ia…

  • Amadurecimento, Reforma Íntima

    Cuidado ao julgar

    Quem julga as pessoas e o mundo como responsáveis pela sua infelicidade é infantil e inexperiente. Os indivíduos que dispensam exagerada atenção e excessivo cuidado à vida das pessoas, inconscientemente, se sentem responsáveis por problemas, escolhas, atos, sentimentos, bem-estar e destino de outrem. Esse comportamento, desprovido de maturidade psicológica, manifesta desrespeito à individualidade e invasão dos limites alheios. Por analogia, podemos comparar o ato da alimentação “física” com o ato da alimentação “emocional/espiritual”. Quem tenta, obsessivamente, cuidar dos outros e controlá-los, sob a alegação de “amor ou caridade”, na realidade está apenas dificultando e retardando o despertar das habilidades inatas deles.

Receba novos conteúdos

Temas das Publicações