Aos que Sofrem, Egoísmo

Contendas e injúrias dão frutos amargos para a vida espiritual

0 53

A ordem é servir

Sirvamos ao próximo tanto quanto pudermos.

Desfraldemos a bandeira da compreensão deixando-a tremular na doce brisa da bondade; só assim a vida será bem vivida, a despeito da falta de entendimento de muitos a solapar nossa vontade.

Retiremos devagarinho, mas com firmeza, as pedras que o egoísmo espalha na estrada que percorremos, para que outros transitem por ela em segurança.

As atribulações que nos tiram o sossego decorrem do mau aproveitamento das oportunidades concedidas por Deus para que sejam beneficiados aqueles que nos aborrecem, nos irritam, nos injuriam, não compreendendo o verdadeiro significado da vida.

Tudo aquilo que o Pai colocou à disposição dos seres humanos foi para que eles aperfeiçoassem seus conhecimentos em prol da Humanidade e, não, para que lhes servissem de arma traiçoeira contra seus irmãos.

A paz só imperará na Terra quando as criaturas compreenderem que só a bondade acalma, auxilia, conforta.

Contendas e injúrias dão frutos amargos para a vida espiritual.

Conquistemos a doçura, difundindo a compreensão entre oprimidos e opressores, a fim de que os primeiros tenham resignação e, os segundos, o entendimento necessário.

Sirvamos ao próximo tanto quanto pudermos.

Fonte: extraído do livro “Coletânea de Mensagens de José”. Recebidas por Helcio Eugenio de Lima e Silva. Folha Carioca Editora Ltda.

About the author / 

Editor

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

46 − 41 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Temas das Publicações

O que é o Espiritismo e a Doutrina Espírita?
Vida com Abundância