• Doutrina Espírita, Instrução dos Espíritos

    Que espécie de forças projetamos naqueles que nos cercam?

    Nossa conduta é um livro aberto. Quantos de nossos gestos insignificantes alcançam o próximo, gerando inesperadas resoluções! Quantas frases, aparentemente inexpressivas, arrojadas e de nossa boca, estabelecem grandes acontecimentos! Um pouco de fermento leveda a massa toda. Reflitamos, então: qual é o caminho que a nossa atitude está indicando? A cada dia, emitimos sugestões para o bem ou para o mal…

  • Gandhi, Líderes Espirituais

    Sinceridade da Minha Vida – por Mahatma Gandhi

    O meu espírito me impele numa direção, e minha carne me impele em direção contrária. Há uma libertação desse jogo de duas forças; mas essa libertação só pode ser obtida pouco a pouco, através de estágios dolorosos. Por isso, embora minha fraqueza me faça cair mil vezes, não perderei a fé, e espero ver a luz, quando a minha carne estiver perfeitamente dominada, como um dia acontecerá.

  • Auto-conhecimento, Reforma Íntima

    Renovemo-nos mesmo que a marcha nos custe suor e lágrimas

    Aceitar os problemas do mundo e superá-los, à força de nosso trabalho e de nossa serenidade, é a fórmula justa de aquisição do discernimento. Dor e sacrifício, aflição e amargura, são processos de sublimação que o Mundo Maior nos oferece, a fim de que a nossa visão espiritual seja acrescentada. Na concretização do bem, alcançaremos a compreensão da vida, e, com ela, o conhecimento da “perfeita vontade de Deus”, a nosso respeito.

  • Doutrina Espírita, Princípios espíritas

    Controle Universal do Ensino dos Espíritos

    Se a doutrina espírita fosse uma concepção puramente humana, não teria como garantia senão as luzes daquele que a tivesse concebido. A única garantia segura do ensino dos Espíritos está na concordância das revelações feitas espontaneamente, através de um grande número de médiuns, estranhos uns aos outros, e em diversos lugares. Recebendo as comunicações de cerca de mil centros espíritas sérios, espalhados pelos mais diversos pontos do globo, Allan Kardec teve condições de ver os princípios sobre os quais essa concordância se estabelece. Esse controle universal é uma garantia para a unidade futura do Espiritismo, e anulará todas as teorias contraditórias.

  • Aos que Sofrem, Infortúnio

    A vida é um jogo

    Considere suas vitórias e derrotas com isenção de ânimo, como se estivesse assistindo a um filme. A vida precisa de variedade para ser interessante. Se um romance nos faz rir ou chorar, nós o apreciamos. Encare a vida como um bom romance ou um bom filme. Distancie-se um pouco dele mentalmente, contemple-o em perspectiva. Caso não goste do enredo, lembre-se: quanto mais livre você for por dentro, maior será sua capacidade de modificá-lo. Observe os altos e baixos da vida com mente serena e perceba que a vida exterior não passa de um jogo.

  • Ajuda mediúnica, Caridade

    É correto utilizar a mediunidade como auxílio nos assuntos da vida material?

    A vida material e a vida espiritual interagem de tal modo que não há um momento em que termina uma e começa a outra. Elas são uma só. Você já está na vida espiritual, apenas ainda pode não ter percebido. Se houver necessidade, os recursos mediúnicos existem para qualquer situação. Então, o recurso à mediunidade não é o problema. O abuso é o problema, pois pode se tornar uma viciação mental. Dos médiuns e mentores espirituais, você pode receber alguma orientação, mas não transfira sua responsabilidade de decidir. Não é obrigação deles substituí-lo no ato de viver.

  • Histórias, Instruções dos espíritos

    Desculpas para não praticar a caridade

    Dois homens acabavam de morrer. Deus havia dito: – Enquanto esses dois homens viverem, serão postas as suas boas ações num saco para cada um, e quando morrerem, serão pesados esses sacos. Quando ambos chegaram à sua última hora, Deus mandou que lhe levantassem os dois sacos. Um estava cheio, volumoso, estufado, e retinia o metal dentro dele. Postos na balança, eis a surpresa…

Temas das Publicações